top of page

WhatsApp anuncia sua guia Comunidades

A nova guia Comunidades já estava disponível para usuários do programa Beta do WhatsApp, mas agora a empresa anunciou o recurso de forma oficial. A promessa é de que com “Comunidades” o conceito de mensagens em grupo no WhatsApp está se expandindo significativamente.

Inicialmente, essa nova guia está sendo lançada para um número pequeno e selecionado de grupos, mas ela permitirá que milhares de pessoas participem de uma Comunidade, que hospeda várias conversas em subgrupos. A ideia é que várias organizações, de uma escola a uma empresa, pro exemplo, cujos funcionários se comuniquem pelo WhatsApp, possam organizar discussões com mais facilidade e fazer com que seus administradores enviem mensagens a todos em diferentes grupos.

De acordo com a plataforma, o recurso é uma resposta aos pedidos de seus usuários: “Temos ouvido cada vez mais organizações que usam o WhatsApp para suas comunicações privadas. Achamos que é hora de começar a construir com intenção para esses casos de uso, porque há muito que podemos fazer para torná-lo melhor” – explicou o chefe do WhatsApp, Will Cathcart.

Enquanto anuncia o recurso agora, a empresa ainda está descobrindo os detalhes de exatamente como as Comunidades funcionarão, e usará principalmente o feedback dos primeiros testadores, que estão sendo convidados a experimentá-lo, para ter uma base mais estruturada.

Ainda assim, já se sabe que algumas particularidades do “Comunidades” incluem: apenas os administradores podem transmitir para uma comunidade inteira no WhatsApp; os membros estão limitados aos subgrupos em que estão; alguém precisa do seu número de telefone para adicionar você a uma comunidade; o WhatsApp não permitirá que as comunidades sejam descobertas através de pesquisa ou recomendado por um algoritmo; quando você estiver em uma comunidade, seu número ficará oculto, exceto dos administradores e das pessoas com quem você está em um subgrupo específico; todas as comunicações entre as pessoas em uma comunidade são criptografadas, embora o nome e a descrição de uma comunidade não sejam.

Cathcart também explicou que o WhatsApp não está ganhando dinheiro com as Comunidades, embora não tenha descartado isso no futuro, dizendo que “você pode imaginar potencialmente que existem recursos premium pelos quais você pode cobrar”, especialmente se as empresas adotarem o recurso para seus funcionários.

Além disso, o WhatsApp está adicionando alguns outros novos recursos esta semana: mesmo não estando em uma Comunidade, administradores de grupos poderão excluir mensagens de uma conversa para todos; usuários poderão compartilhar arquivos de até 2gb, iniciar chamadas de voz com até 32 pessoas ao mesmo tempo e, pela primeira vez, reagir a uma mensagem com um emoji, como um “joinha”.

“Comunidades” serão disponibilizadas lentamente nos próximos meses, mas a empresa busca marcar um novo capítulo com o recurso, prometendo muito tempo investido e atualizações por vir.

Com informações de: The Verge

4 visualizações

Comments


bottom of page