top of page

Uso de músicas por perfis comerciais no TikTok agora é restrito

Até então, perfis de empresas poderiam utilizar as músicas que quisessem em seus clipes na plataforma, mas agora isso mudou.

De acordo com Dave Jorgenson, produtor de vídeos do The Washington Post, de forma discreta o TikTok alterou as regras sobre o uso comercial de músicas populares, o que impedirá que marcas verificadas usem faixas populares. Jorgenson compartilhou a seguinte explicação da empresa (que recebeu ao pedir explicações sobre porque não conseguiu subir um vídeo para o jornal):

“Lançamos recentemente a Commercial Music Library. Essa nova biblioteca permite que empresas ou organizações verificadas no TikTok acessem um conjunto de músicas isentas de royalties para gerar conteúdo promocional e fornece as ferramentas e recursos para ajudá-los a adotar ainda mais a criatividade e autenticidade da Comunidade TikTok”.

Ele ainda compartilhou outros trechos em que a empresa explica que a Biblioteca de Música Comercial fornecerá “música de alta qualidade e de uso livre” que “poupará tempo e investimento na seleção de licenças de música“. Mas isso reforça que as músicas populares não estarão mais disponíveis para perfis comerciais, como pode ser observado na imagem abaixo:

To give you an idea of the impact of this new restriction for TikTok “businesses and organizations” banned from commercials music, look at a trending hashtag for today. Every video in this hashtag uses the same cover of Peace Train, a song no longer available to us. pic.twitter.com/OZrga7UwYs — Dave Jorgenson (@davejorgenson) May 11, 2020

Para ter uma ideia do impacto dessa nova restrição para as “empresas e organizações” do TikTok banidas da música comercial, veja uma hashtag de tendências para hoje. Cada vídeo nesta hashtag usa a mesma capa do Peace Train, uma música que não está mais disponível para nós.

No momento, a mudança afeta apenas as marcas verificadas no TikTok, não os usuários comuns, que ainda estão livres para usar faixas populares em seus videoclipes. Aparentemente, marcas não verificadas na plataforma também ainda não possuem restrições, que parecem se aplicar apenas a entidades comerciais, e não a influenciadores populares.

O TikTok também observa que “Embora sua conta não tenha mais acesso à biblioteca de músicas completa, você ainda deve ter acesso aos sons enviados por usuários“.

Como colocado por Andrew Hutchinson na sua análise no Social Media Today, “o maior impacto será nos memes e remixes mais populares – se as marcas não puderem adicionar nessas tendências isso poderá reduzir a visibilidade na plataforma e limitar o alcance potencial. Pois mesmo que ainda haverá oportunidades para usar faixas não comerciais em seus vídeos, talvez não seja tão útil quanto poder se conectar à próxima tendência

3 visualizações

Commentaires


bottom of page