top of page

Tendências do marketing e mídias sociais para 2024

A Insider Intelligence, especialista em marketing digital, divulgou sua análise de quais devem ser as principais tendências de mídias sociais para 2024, assim como suas previsões para o ano:

“Em 2024, o social deixará de ser uma tática auxiliar e isolada para se tornar uma parte central do mix de marketing. E à medida que mais empresas reconhecem o valor da cultura e da comunidade na geração de conversões, os criadores também moldarão mais planos de marketing”.

Tendências:

  1. CMOs estão aumentando os orçamentos de marketing social – espera-se que os gastos em atividades de marketing social atinjam, nos próximos 12 meses, seu nível mais alto desde o auge da pandemia

  2. As agências estão comprando empresas de marketing de influenciadores e influenciadores – pelo menos 15 empresas de marketing de influenciadores, que tendem a ser lucrativas, foram adquiridas em 2023, o que deve abrir a porta para mais aquisições, à medida que as empresas reduzem o número de parceiros externos

  3. Os profissionais de marketing estão trazendo criadores para dentro da empresa – marcas estão priorizando a cocriação e a colaboração com criadores em vez de patrocínios de conteúdo de curto prazo. Agências também devem continuar a contratar criadores como estrategistas e consultores

Previsões:

  1. Profissionais de marketing social, criadores e plataformas apostarão tudo na IA – a tecnologia será uma parte essencial dos fluxos de trabalho internos e das comunicações externas

  2. O marketing orgânico retornará – profissionais de marketing concentrarão mais seus esforços na construção e no envolvimento da comunidade, à medida que os padrões de envolvimento mudam

  3. Meta vai atrasar planos de reduzir as receitas de publicidade dos criadores em 2024 – as receitas publicitárias da empresa estão de volta aos trilhos e os criadores estão gerando um crescimento significativo, então a Meta não vai querer tomar nenhuma medida que possa afastar os criadores

A plataforma também lembra que a fragmentação das redes sociais pode complicar a abordagem dos profissionais de marketing. Não apenas por existir um conjunto crescente de plataformas diferentes, mas porque as experiências individuais do usuário em cada plataforma também devem se tornar cada vez mais únicas, já que os algoritmos alimentados por IA fornecem conteúdo adaptado a cada usuário.

4 visualizações

コメント


bottom of page