top of page

Relatório sobre uso de mídias sociais por adolescentes destaca queda do Facebook, crescimento do Tik

A pesquisa foi feita com adolescentes nos EUA, entre 13 e 17 anos, com o objetivo de obter mais informações sobre quais plataformas são o foco principal para esse público e quanto tempo é gasto em cada aplicativo.

O novo relatório confirmou que o TikTok agora é uma das principais plataformas de mídia social para adolescentes, com 67% dos adolescentes dizendo que já usam o TikTok e 16% de todos os adolescentes dizendo que o usam quase constantemente.

Ao mesmo tempo, a proporção de adolescentes que dizem usar o Facebook caiu de 71% para 32% hoje (a plataforma era dominante na pesquisa de 2014-15).

O gráfico abaixo também mostra que o YouTube lidera entre os usuários adolescentes, com 95% deles usando o aplicativo regularmente:

Desde 2014-15, o TikTok cresceu; o uso do Facebook caiu; Instagram, Snapchat cresceram % de adolescentes dos EUA que dizem que já usaram algum dos seguintes aplicativos ou sites —- Nota: Os adolescentes referem-se às idades de 13 a 17 anos. Aqueles que não responderam não são mostrados. A pesquisa de 2014-15 não perguntou sobre YouTube, WhatsApp, Twitch e Reddit. O TikTok estreou globalmente em 2018.

As estatísticas de uso também apontam que YouTube, TikTok e Snapchat têm um envolvimento muito mais regular de seu público que o Facebook, por exemplo, mas que o Instagram continua sendo muito popular em diversos aspectos. O Twitter também está bem abaixo nos gráficos e isso pode apontar para o fato de que as mídias que iniciaram essa “revolução” anos atrás, estão perdendo seu apelo com o público mais jovem.

A pesquisa, claro, reflete a realidade dos adolescentes nos Estados Unidos, que pode ser um tanto diferente da realidade brasileira. Ainda assim, ela traz muitos aspectos interessantes de comportamento e que podem ser considerados nas abordagens de mídias sociais.

Quanto ao o uso do Facebook, por exemplo, os pesquisadores compartilharam: “Não podemos dizer com certeza por que menos adolescentes estão usando o Facebook. Não é tão fácil quanto perguntar por quê. Eles não sabem por quê”. Porém, quando perguntados em grupos focais por que os adolescentes escolhem os aplicativos que usam, muitos disseram que se baseiam em onde podem encontrar as pessoas com quem mais desejam se envolver.

O relatório é ainda mais extenso e aborda diversos aspectos interessantes. Ele pode ser conferido na íntegra em: Teens, Social Media and Technology 2022, uma pesquisa da Pew Research.

5 visualizações

Comentarios


bottom of page