top of page

Pesquisa revela os problemas do home office em agências de publicidade

Com o avanço da pandemia, muitas agências de publicidade passaram a trabalhar em regime de Home Office. A questão é: O quão boa (e saudável) está sendo essa experiência?

Para responder a essa pergunta, o mestre em comunicação Lucas Schuch realizou uma pesquisa com 435 respondentes que não ocupam cargos de lideranças dentro de agências. A ideia do projeto era justamente entender se aquilo que é dito pelas lideranças aos veículos de notícia sobre o momento, reflete o clima dentro da empresa.

A pesquisa traz alguns números interessante e outros um tanto quanto preocupantes: Cerca de 84% das agências não estavam habituadas a trabalhar com home office antes do período de quarentena. Além disso, 50,4% dos profissionais não se sentiam prontos para trabalhar neste tipo de regime e 65,1% dizem que sua saúde mental ficou prejudicada. 40,5% dos profissionais acreditam que a cobrança aumentou durante este período.

Além de trazer diferentes números e relatos em um documento de mais de 30 páginas, a pesquisa também sugere atitudes que podem ser tomadas de imediato para que as pessoas se sintam mais acolhidas pelas empresas e atravessem esse momento da melhor forma possível.

O relatório “Home Office tá bom pra todo mundo? Mesmo?” foi distribuído gratuitamente e os dados são de uso livre.

4 visualizações

Comments


bottom of page