top of page

Oito estados americanos investigam o Facebook por prática de monopólio

O inegável (e crescente) domínio do Facebook tem colocado algumas autoridades estado-unidenses em estado de alerta. Para tentar coibir a prática monopolista da rede, uma coalizão bipartidária composta por procuradores-gerais de oito estados americanos está investigando a rede social. A investigação foi confirmada na última sexta-feira pela procuradora-geral de Nova York, Letitia James.

A alegação é de que o Facebook teria “sufocado a concorrência” de modo a ficar em uma posição “incompetível” na quantidade de usuários e preços dos anúncios.

“Tenho orgulho de liderar uma coalizão de procuradores bipartidários para investigar se o Facebook incapacitou a concorrência e colocou os usuários em risco. Usaremos todas as ferramentas de investigação à nossa disposição para determinar se as ações do Facebook podem colocar em risco os dados do consumidor ou reduzir as opções de escolha(…)Até a maior rede social do mundo deve seguir a lei e respeitar os consumidores”, disse Letitia James.

Segundo o Washington Post , o Google deverá enfrentar investigações parecidas, embora ainda não haja um anúncio oficial formalizado.

1 visualização

Comments


bottom of page