top of page

Novas informações sobre o Super Follow do Twitter

A especialista em engenharia reversa, Jane Manchun Wong, compartilhou novas capturas de tela (imagem acima) do código de back-end do aplicativo do Twitter, que mostram novas funcionalidades e pré-requisitos do Super Follow, a opção de assinatura que oferece aos criadores uma maneira de monetizar sua presença na plataforma, cobrando uma mensalidade para oferecer conteúdo exclusivo para membros.

Pelas imagens pode-se ver que os usuários que forem selecionados para participar do programa receberão uma notificação de que podem acessar o Super Follow, que deve levar a um espaço de boas-vindas, com a seguinte explicação: “Ofereça a seus seguidores algo extra e ganhe dinheiro todo mês. Eles terão acesso a uma experiência mais pessoal com conteúdo bônus e você será pago pelo que criar. É uma situação em que todos ganham”.

Até o momento, uma das principais vantagens que o Twitter está oferecendo é uma espécie de rótulo, ou etiquetas especiais, nos perfis e tweets de quem é assinante do criador, o que irá destacá-lo nas respostas dos tweets, por exemplo, tornando mais fácil ao criador lhe dar mais atenção.

Para o seguidor, a plataforma quer mostrar que é interessante ser um seguidor pagante, pois isso lhe dará acesso a conteúdo extra – que podem ser tweets e boletins informativos exclusivos aos super followers (seguidores assinantes).

O Twitter também promete que outras adições interessantes ainda virão, como prováveis selos de perfil e mais opções de conexão entre criador e “super seguidor”.

Além disso, aparentemente, a plataforma vai mostrar uma estimativa de ganhos para atrair criadores a aderirem ao programa. Esse “estimador de ganhos” possuirá uma barra deslizante que mostra a porcentagem de seguidores que o criador precisa que assinem o conteúdo pago para atingir determinada quantia de dinheiro (considerando a assinatura mensal de US$ 4,99).

Ficou interessado? Então saiba quais são os requisitos básicos que qualificam um usuário do Twitter a se inscrever ao Super Follow:

É preciso ter pelo menos 10 mil seguidores, postar regularmente (pelo menos 25 tweets nos últimos 30 dias), e ter 18 anos ou mais.

Também existe um processo de inscrição, no qual o criador precisa indicar uma categoria em que sua conta se encaixa e uma visão geral de como planeja usar a opção para melhorar a conexão com seus fãs. No momento existem cerca de 30 categorias para escolher, incluindo Moda, Beleza, Podcasts, Esportes, Tecnologia… e até uma categoria Conteúdo adulto.

Vale ressaltar que, ainda que um criador se encaixe nas regras básicas, não é garantido que estará elegível imediatamente – principalmente porque o serviço não foi lançado oficialmente, e o Twitter parece estar, agora, buscando criadores para fazerem parte dos testes iniciais, antes de permitir que todos os usuários com mais de 10 mil seguidores participem.

Ainda não se sabe como será a divisão da receita do Super Follow entre Twitter e criadores.

Confira a imagem com as várias capturas de tela (nossa capa) nesse tweet da Jane Manchun Wong.

2 visualizações

Comments


bottom of page