top of page

Musk considera cobrar todos os usuários para usarem o X

X, antigo Twitter, pode vir a se tornar um aplicativo que é acessado apenas por assinatura.

Pelo menos foi o que o proprietário, Elon Musk, disse durante uma live com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu. De acordo com Musk, os “vastos exércitos de bots” presentes no X são um “problema super difícil” e, como resultado, a plataforma está “se direcionando a ter um pequeno pagamento mensal pelo uso do sistema X”.

Para ele, essa é a única maneira de combater os robôs, já que um bot hoje custa muito pouco, mas se seu criador tiver que pagar “alguns dólares”, seu custo já se torna muito alto. Ainda mais que seria implementado um novo método de pagamento, que teria que ser registrado para cada bot, o que representa uma restrição adicional para aqueles que configuram contas automatizadas.

Atualmente, o X possui apenas uma assinatura, a Premium, que oferece alguns recursos adicionais, como um botão de edição, classificações priorizadas em conversas e pesquisas, postagens mais longas, formatação de texto e menos anúncios. Hoje essa assinatura custa até US$ 115 por ano.

Espera-se que a possível nova taxa seja consideravelmente mais baixa que a Premium, mas Musk se recusou a compartilhar detalhes sobre quanto a assinatura poderia custar ou se algum benefício ou recurso seria oferecido em troca do pagamento.

De qualquer forma, vale sempre ressaltar que, como acontece com muitas ideias anunciadas por Musk, é impossível dizer quando os usuários não-Premium X poderão ser solicitados a pagar uma taxa mensal, se é que pagarão.

1 visualização

Comments


bottom of page