top of page

Meta está testando plano de assinatura pago com selo de verificação para Instagram e Facebook

O ‘Meta Verified’ é o novo lançamento da empresa, que vai oferecer um selo azul de verificação, além de outros benefícios, como maior visibilidade, proteção contra falsificação de identidade e suporte prioritário ao cliente, por US$ 12 por mês.

O CEO Mark Zuckerberg anunciou: “Esta semana estamos começando a lançar o Meta Verified – um serviço de assinatura que permite que você verifique sua conta com um ID do governo, obtenha um selo azul, obtenha proteção extra contra falsificação de identidade contra contas que afirmam ser você e obtenha acesso direto ao suporte ao cliente. Esse novo recurso visa aumentar a autenticidade e a segurança em nossos serviços”.

Usuários que se inscreverem no serviço receberão também adesivos exclusivos para Stories e Reels e 100 Stars grátis por mês. “No longo prazo, queremos criar uma oferta de assinatura que seja valiosa para todos, incluindo criadores, empresas e nossa comunidade em geral”, consta no blog da Meta. “Como parte dessa visão, estamos evoluindo o significado do selo verificado para que possamos expandir o acesso à verificação e mais pessoas possam confiar que as contas com as quais interagem são autênticas”. No momento, porém, empresas ainda não podem se inscrever para um selo do Meta Verified.

Os valores divulgados das opções de assinatura, por enquanto, são: US$ 11,99 por mês na web e US$ 14,99 por mês no celular.

Para se inscrever existem alguns pré-requisitos, como ter idade mínima de 18 anos e enviar um documento de identificação oficial que corresponda ao nome e foto que o usuário possui no Facebook ou Instagram. Quem estiver inscrito não poderá alterar seu nome de perfil, nome de usuário, aniversário ou foto de perfil sem passar pelo processo de verificação novamente.

O recurso está sendo lançado inicialmente na Austrália e Nova Zelândia esta semana, por $ 19,99 AUD na web e $ 24,99 AUD no celular, ou $ 23,99 NZD na web e $ 29,99 NZD no celular.

A Meta diz que “em breve” o Meta Verified chegará a mais países e que não fará nenhuma alteração nas contas que foram verificadas usando os requisitos anteriores da empresa, incluindo notabilidade e autenticidade.

Fonte: The Verge

3 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page