top of page

LinkedIn tem “níveis recorde de engajamento” e chega a 722 milhões de membros

A Microsoft, empresa controladora do LinkedIn, divulgou seu relatório do último trimestre, mostrando que a rede social teve “níveis recorde de engajamento” nesse período, de até 31%.

A receita do LinkedIn também está crescendo, 16%, impulsionada principalmente pelo aumento nos gastos com publicidade. Segundo a Microsoft, “A demanda de anunciantes no LinkedIn voltou a níveis próximos ao pré-COVID, um aumento de 40% ano após ano, à medida que os profissionais de marketing usam nossas ferramentas para se conectar com profissionais prontos para fazer negócios. E as organizações continuam a aproveitar a combinação do LinkedIn Sales Navigator e Dynamics 365 para garantir que os vendedores tenham o contexto de que precisam para vender remotamente“.

Além disso, o LinkedIn agora tem 722 milhões de membros (em janeiro eram 675 milhões). Porém, a Microsoft não divulga a contagem de usuários ativos mensais ou diários, o que dificulta a comparação do uso real da plataforma – mas, para se ter uma base, a Foundation estimou, no início do ano, que a base de usuários ativos do LinkedIn é geralmente cerca de metade da sua audiência total.

A Microsoft ainda divulgou que o LinkedIn Learning também teve um grande aumento no uso em 2020: “Mais profissionais estão recorrendo ao LinkedIn Learning para aumentar seu capital de conhecimento, assistindo a mais de um milhão de horas de conteúdo por semana, mais do que o dobro de um ano atrás. Três pessoas são contratadas a cada minuto no LinkedIn, e novos recursos tornam isso mais fácil para quase 40 milhões de candidatos a emprego para indicar que estão procurando a próxima oportunidade“.

Por ser uma adição recente na plataforma, a empresa não divulgou nenhum dado sobre os Stories, informação que muitos estavam curiosos para obter.

Relatório completo: Earnings Release FY21 Q1

3 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page