top of page

LinkedIn continua relatando recordes de engajamento

A Microsoft, controladora do LinkedIn, divulgou seu relatório de desempenho do último trimestre, incluindo o relatório de “registro de engajamento” da plataforma – que teve uma boa performance, com receita geral acima de 36%, impulsionada pelo aumento da demanda por anúncios e a volta da movimentação do mercado de trabalho:


LinkedIn • A receita do LinkedIn cresceu 37% (aumento de 36% CC) impulsionada pela forte demanda de publicidade em nosso negócio de Soluções de Marketing e uma melhoria do mercado de trabalho em nosso negócio de Soluções de Talentos • As sessões do LinkedIn cresceram 22% com engajamento recorde

A Microsoft explica: “Estamos passando por uma ‘Grande Reorganização’ em todo o mercado de trabalho, à medida que mais pessoas em mais lugares do que nunca repensam como, onde e por que trabalham. Nesta nova economia, o LinkedIn tornou-se uma missão crítica para conectar criadores com suas comunidades, candidatos a emprego com empregadores, alunos com habilidades e vendedores com compradores”.

Além disso, o LinkedIn também informou que seu negócio de Soluções de Vendas, liderado por sua plataforma Sales Navigator (que agora tem mais de um milhão de usuários pagantes) atingiu US$ 1 bilhão em receita no ano. Essa foi a primeira vez que esse marco foi atingido, o que também aponta para o crescente valor que o LinkedIn tem para profissionais de marketing, com os insights adicionais e as ferramentas que a plataforma oferece facilitando mais oportunidades. Em outra frente, o Service Marketplace do LinkedIn também ajudou a conectar quase 3 milhões de freelancers e pequenas empresas a novas oportunidades.

A Microsoft também diz que os eventos no LinkedIn estão aumentando, com mais de 24mil eventos criados e 1,5 milhão de RSVPs todas as semanas. Inclusive, a plataforma adicionou recentemente novas ferramentas para seus eventos, incluindo salas de áudio, com fluxos de vídeo em grupo também a caminho.

A Microsoft adquiriu o LinkedIn em 2016, quando a rede social profissional tinha cerca de 430 milhões de membros – número que agora quase dobrou, com mais de 810 milhões de pessoas se inscrevendo no aplicativo. Com a ressalva de que “membros” e “usuários ativos” não são a mesma coisa, o LinkedIn claramente ainda está em ascensão, e à medida que mais pessoas procuram novas oportunidades num novo cenário de trabalho, há muitos indicadores que sugerem que o LinkedIn continuará a crescer e expandir seu uso atual.

Relatório de desempenho da Microsoft: Second Quarter Fiscal Year 2022 Results

5 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page