top of page

Instagram vai começar a pedir que contas suspeitas confirmem sua identidade com documentos emitidos

Queremos que o conteúdo visto no Instagram seja autêntico e feito por pessoas reais, não por bots ou outras contas que tentam enganar você“.

Num anuncio feito ontem, a empresa divulgou que, ao notar contas com um padrão de comportamento não autêntico, irá solicitar que as pessoas confirmem quem está por trás da mesma. Se uma conta escolher não confirmar as próprias informações, o conteúdo dela poderá ter a distribuição reduzida, ou a conta poderá ser desativada.

O objetivo do Instagram é entender melhor quando as contas estão “tentando enganar seus seguidores” e manter sua comunidade segura. A maioria das pessoas não será afetada, pois uma série de sinais serão analisados para determinar se o proprietário de uma conta precisará confirmar as informações dele: “Isso inclui contas potencialmente envolvidas em comportamento não autêntico coordenado, assim como quando vemos que a maioria dos seguidores de uma pessoa está em um país diferente da localização dela ou quando identificamos sinais de automação, como contas de bot“.

Se esse tipo de atividade é identificada numa conta, o proprietário precisará confirmar quem ele é. Se não existir nenhum motivo para mais investigações, a conta funcionará normalmente.

O Instagram garante que esses dados de identificação serão armazenados de forma segura e excluídos em até 30 dias após a conclusão da nossa análise, e que não serão compartilhados no perfil, para manter sua privacidade e inclusive porque a identificação através de pseudônimos é uma parte importante da plataforma.

A lista dos tipos de documentos que o Instagram aceita pode ser conferida aqui.

3 visualizações

Comments


bottom of page