top of page

Instagram reduz elementos de compras in-stream

As compras online in-stream se tornaram uma grande tendência no mercado asiático, algo que as plataformas sociais ocidentais também tentaram inserir em seus aplicativos. Porém, apesar do comércio eletrônico ter tido um salto durante a pandemia, parece que o público não se interessou muito pelas ferramentas de compras in-stream – tanto no TikTok, quanto no Instagram – o que levou a plataforma da Meta a reduzir seu programa de lives de compras e, talvez, abandonar o projeto de vez:

“O Instagram está planejando reduzir drasticamente seus recursos de compras, disse a empresa aos funcionários do Instagram na terça-feira, ao mudar o foco de seus esforços de comércio eletrônico para aqueles que impulsionam diretamente a publicidade. O retiro mostra como a Meta Platforms está se afastando de alguns projetos de longo prazo, pois se concentra na construção de seu negócio de vídeo de formato curto”, relatou o The Information.

O comércio in-stream já foi um projeto importante para o desenvolvimento contínuo de produtos e ferramentas de receita da Meta, mas está cada vez mais claro que essa demanda não existe. Por mais que tentem, as plataformas ocidentais não conseguem recriar as tendências do mercado chinês em todas as regiões. Especialistas inclusive apontam que a atual guia ‘Loja’ acabará desaparecendo do Instagram, com a empresa voltando para uma versão mais simples de exibição de produtos.

6 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page