top of page

Influenciadores reclamam que pagamentos por Reels caíram em até 70%

O Instagram criou, no ano passado, um programa de recompensa financeira para criadores de Reels. Disponível para usuários selecionados nos Estados Unidos, o sistema paga uma valor com base nas visualizações dos vídeos curtos.

Esse programa foi, pelo menos em parte, uma resposta da Meta à popularidade do TikTok. Acontece que a forte concorrência do TikTok não diminuiu, mas parece que o Instagram diminuiu o valor que paga aos criadores de Reels – pelo menos é o que eles estão dizendo.

Até então, o sistema funcionava com influenciadores recebendo pagamentos personalizados, com metas específicas para visualizações e um valor limitado a uma taxa máxima por mês. Por exemplo, um usuário que poderia receber um teto de US$ 35.000 conta que sua meta pessoal de visualizações era de 58 milhões.

Porém, vários criadores disseram ao Financial Times que os pagamentos por Reels caíram nas últimas semanas em até 70% por visualização, e o mínimo para receber o pagamento é agora mais 10 vezes maior – o usuário do exemplo anterior conta que sua meta de visualizações saltou de 58 milhões para 359 milhões.

Isso após afirmações de que o Instagram tendia a pagar mais que o TikTok, como havia comentado Ed East, executivo-chefe da agência criativa Billion Dollar Boy, que faz publicidade para marcas nas mídias sociais. Porém, ele acrescenta: “Os criadores tiveram experiências mistas com esses programas, e há incerteza em relação aos ganhos potenciais devido à falta de transparência e informações sobre os cálculos de pagamento”.

Os influenciadores dizem que não receberam nenhuma explicação sobre essa mudança de valores, mas para o Financial Times a Meta forneceu a seguinte declaração: “Atualmente, estamos testando o Reels Play no Instagram e no Facebook, o que significa que os pagamentos de bônus podem flutuar à medida que refinamos nossos modelos de preços. Nosso objetivo é garantir que o melhor conteúdo dos Reels seja recompensado em nossas plataformas”.

2 visualizações

Comments


bottom of page