top of page

Google AdSense pode não monetizar mais conteúdos sobre armas e drogas recreativas

Se você monetiza seus conteúdos pelo Google Adsense e costuma falar sobre armas ou drogas nos seus canais, é bom dar uma lida nessa matéria.

O Google anunciou que a partir de setembro entrarão em vigor algumas mudanças na política de monetização do conteúdo do Adsense. As mudanças fazem parte do gradual esforço da Google em coibir a proliferação de informações e conteúdos potencialmente perigosos, ofensivos ou impróprios.

No comunicado, ressalta-se a alteração da política que agora prevê que qualquer tipo de conteúdo (seja vídeo ou texto) cujo tema central seja armas e/ou drogas recreativas serão analisados mais de perto pela empresa. Com a mudança, a política de monetização do AdSense passa a ser dividida em três frentes: “não monetizável”, “publicidade restrita” e “conteúdo livre”. Vamos explicar as categorias para vocês:

Conteúdo não monetizável

Como o nome diz, são os tipos de conteúdos que não podem ser monetizados de forma alguma. Sites, blogs e canais que vincularem este tipo de conteúdo não poderão mostrar anúncios do Google Adsense. É considerado um conteúdo não monetizável aquele que possui:

  1. Conteúdo ilegal ou criminoso;

  2. Abuso sexual ou pedofilia;

  3. Violação de propriedade intelectual;

  4. Obtenção ou divulgação de produtos oriundos de espécies ameaçadas de extinção;

  5. Material desrespeitoso ou perigoso;

  6. Facilitação de comportamentos desonestos;

  7. Conteúdo falso ou pirateado;

  8. Softwares inseguros, proliferadores de malware ou maliciosos;

Vale notar que embora alguns temas sejam óbvios como “conteúdo ilegal” ou “pedofilia”, outros termos que a Google coloca em sua política são um tanto quanto abrangentes. O tópico “facilitação de comportamentos desonestos”, por exemplo, não possui mais detalhes e pode sofrer diferentes interpretações.

Conteúdo de publicidade restrita

Já estes aqui, são consideradas um “talvez” pelo Google. Conteúdos dentro dessa temática serão submetido a avaliação dos moderadores da plataforma e terão o contexto avaliado individualmente. Ao que tudo indica, um conteúdo que fala sobre os perigos de uma droga, por exemplo, seria liberado. Já um vídeo que fala sobre como usar uma droga, seria desmonetizado. Os conteúdos que se aplicam a publicidade restrita são:

  1. Conteúdo sexual ou erotizado;

  2. Conteúdos potencialmente desagradáveis;

  3. Materiais explosivos;

  4. Pistolas e armas de fogo;

  5. Peças de pistolas e armas de fogo;

  6. Conteúdo voltado ao tabaco;

  7. Drogas recreativas;

  8. Uso inadequado de bebidas alcoólicas;

  9. Jogos de azar e apostas online;

  10. Medicamentos com receita, produtos farmacêuticos ou suplementos não aprovados.

E o mesmo problema de antes, volta a atacar aqui. Por possuir temas abrangentes dentro da sua lista de exclusão, a tendência é que a aprovação (ou não-aprovação) dos conteúdos seja feita manualmente mesmo, o que pode levar a uma demora considerável no processo de ativação de novas contas do Google Adsense.

Fonte: GenBeta

2 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page