top of page

Como se livrar do bloqueio criativo?

Está passando pelo tão temido bloqueio criativo? Saiba o que pode estar causando ele e entenda como superar esse problema!

Tem dias em que as ideias não vêm, tudo parece mais difícil e criar alguma coisa parece um desafio impossível. Nessas horas, como superar o bloqueio criativo?

Não adianta negar: todo mundo que trabalha com criação já passou por situações como essa, em que tudo parece mais interessante do que aquilo que precisa ser feito e não há o menor sinal de uma ideia promissora na sua cabeça.

Esse é o tal do bloqueio, um estado em que criar coisas novas ou iniciar um projeto parece simplesmente impossível, por conta da falta de criatividade.

Infelizmente, esse fenômeno é natural e, justamente por isso, é muito comum. Mas isso não significa que você precise cruzar os braços e aceitar esse destino.

A verdade é que, nesses momentos, um pouquinho de inspiração ou até mesmo a compreensão de como você chegou a esse estado podem ser a solução para sair dele.

Por isso, a gente preparou esse conteúdo completo sobre o que pode estar causando o seu bloqueio criativo e como se livrar dele. Vem ver!

As causas do bloqueio criativo 

Anota aí: um bloqueio criativo não acontece do nada.

Na rotina de quem trabalha com criação, alguns dias podem parecer muito melhores que outros sem motivo aparente, mas a verdade é que, por trás disso, sempre existe uma explicação.

Vem ver alguns dos fatores que pode estar prejudicando o seu processo criativo:

Estresse

O estresse é um dos grandes inimigos do bem-estar, da qualidade de vida e também da sua criatividade.

Esse desgaste, que pode ser tanto físico quanto psicológico ou emocional, impede que você consiga criar livremente, deixando as ideias fluírem.

Se você está em um estado de estresse porque tem muitas demandas, por exemplo, vai ficar difícil se concentrar em uma delas e ainda assim manter a calma e leveza necessárias para ser inventivo.

Além disso, altos níveis de estresse podem levar até mesmo aos casos de burnout, que são extremamente prejudiciais para a saúde mental.

Falta de planejamento

Se você não está passando por esse processo de desgaste, mas ainda assim não consegue colocar a cabeça para funcionar, talvez o problema seja a falta de um planejamento certeiro.

Em muitos momentos, um bom brainstorming pode ser uma boa ideia para que as coisas comecem a fluir e você finalmente supere o bloqueio criativo, mas ele precisa ser parte de um plano.

Ou seja, para conseguir criar com qualidade, é preciso entender por que você está criando, qual seu objetivo, qual será a etapa seguinte, entre outros fatores relevantes para o projeto no qual você está trabalhando.

Procrastinação

Ah, a famosa procrastinação! Muito confundido com uma simples preguiça, esse é aquele estado em que sabemos o que precisa ser feito e como fazer, mas simplesmente parece não ter jeito de começar de fato a tarefa.

Estudos realizados por psicólogos mostram que isso não é causado por uma gestão de tempo ruim, como muitos acreditam, mas sim por uma resposta emocional para evitar uma determinada tarefa, seja por ser desagradável ou difícil.

É por isso que muitas pessoas chegam até mesmo a ser produtivas enquanto procrastinam. Organizar o local de trabalho ou dar aquela revisada na agenda, em vez de começar uma tarefa, são alguns clássicos da procrastinação.

Perfeccionismo

Por fim, outra causa bem comum para esse tipo de bloqueio é o perfeccionismo.

Muita gente acaba tendo dificuldade ao iniciar um projeto por conta da expectativa de que ele seja “perfeito” logo de primeira. Assim, parece que não vale a pena começar a não ser que você tenha essa grande ideia totalmente pronta e acabada.

Mas a verdade é que as melhores criações são aquelas que passam por processos de revisão, de reescrita e por alterações que ajudam a elevar o nível de qualidade do produto final.

Por isso, sempre vale mais a pena começar como for possível, para ter uma base sobre a qual você possa trabalhar.

Dicas para superar o bloqueio criativo

Depois de identificar as causas do seu bloqueio criativo, é hora de entender o que você pode fazer para se livrar desse problema.

Afinal, seja qual for o motivo que está gerando essa situação, sempre existe uma forma de contornar esse obstáculo e colocar a cabeça para funcionar de forma mais criativa. Vem ver nossas dicas:

Remova distrações

Um primeiro passo bem importante é tirar as distrações do caminho. Se o seu problema é a procrastinação, por exemplo, isso pode ajudar a obrigar o seu cérebro a se concentrar no que precisa ser feito.

Isso significa, por exemplo, deixar o celular bem longe e com notificações desativadas ou até mesmo se isolar de ruídos, caso essa seja uma distração para você.

Além disso, é importante usar um planejamento como guia para não se perder em outras tarefas que não são sua prioridade no momento.

Encontre seu horário produtivo

O autoconhecimento também desempenha um papel muito importante nesse cenário.

Se você se conhece e sabe como seu organismo funciona, você pode identificar quais horários do dia são os mais produtivos. Há quem seja mais matutino, por exemplo, enquanto outras pessoas produzem muito bem à noite.

A ideia é utilizar esse período para as tarefas que demandam mais criatividade, deixando outros afazeres mais simples para um outro horário.

Adapte seu local de trabalho

O local de trabalho também é um dos grandes fatores que podem ajudar a superar o bloqueio criativo.

Por exemplo, se você não consegue se concentrar em ambientes barulhentos, vale a pena procurar um espaço mais silencioso ou até mesmo investir em recursos que ajudam a isolar os ruídos.

Outro ponto importante é que você deve se sentir à vontade nesse ambiente. Por isso, vale a pena conferir alguns estilos de decoração e tentar entender quais tipos de espaço são mais inspiradores para você.

Algumas pessoas podem se sentir mais criativas na presença de um mural de fotos ou uma parede cheia de elementos, por exemplo, enquanto outras preferem uma decoração mais clean e minimalista para deixar as ideias fluírem.

Cuide da saúde e tire um tempo para lazer

Por fim, mas definitivamente não menos importante, lembre-se sempre da importância da saúde mental para ter uma mente criativa.

Isso significa que, por mais que focar no trabalho seja importante, também é preciso ter momentos de lazer e até mesmo do tão temido ócio.

É nesses momentos em que não estamos atarefados e cheios de preocupação, que a mente pode relaxar e pensar livremente, sem toda a tensão da rotina, o que ajuda a estimular a capacidade criativa.

E aqui vale o que funcionar melhor para você, seja uma caminhada no parque, uma maratona de séries ou a companhia de um livro.

Dica bônus: MIOLO!

Todas essas dicas vão ajudar você a superar o bloqueio criativo, mas se você quer estimular o pensamento criativo e chegar a outro nível, contando com a ajuda de quem entende do assunto, nossa dica de ouro é o Curso MIOLO!

Também conhecido como Curso de Métodos de Ideação Originais, Lúdicos e Ousados, o MIOLO é uma jornada de muito aprendizado (mas também de muita diversão) para quem nunca mais quer ficar sem ideias.

Com aulas em formatos cativantes, materiais originais e convidados sensacionais que são experts no assunto, esse é o curso para você que quer se tornar, de uma vez por todas, uma pessoa criativa. Conheça o MIOLO!

30 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page