top of page

Campos de preferência religiosa, política e sexual serão removidos do Facebook

A Meta começou a informar os usuários do Facebook que está removendo vários campos de informações de perfil, para simplificar a plataforma (e torná-la “mais fácil de navegar”).

Notificações estão sendo enviadas aos usuários que preencheram os campos de – Interessado em (sobre preferências de namoro) – Religião – Ideologia política – Endereço para que saibam que serão removidos em breve.

A empresa explicou: “Como parte de nossos esforços para tornar o Facebook mais fácil de navegar e usar, estamos removendo alguns campos de perfil: Interessado em, Visões religiosas, Visões políticas e Endereço. Estamos enviando notificações para as pessoas que preencheram esses campos, informando que serão removidos. Essa mudança não afeta a capacidade de ninguém compartilhar essas informações sobre si mesmo em outros lugares no Facebook”.

Vale esclarecer que esses campos já não serviam mais como segmentadores de anúncios desde o início de 2022, quando a Meta removeu a segmentação detalhada. Conforme explicado na época: “A partir de 19 de janeiro de 2022, removeremos as segmentação detalhada relacionadas a tópicos que as pessoas possam considerar delicados, como opções que fazem referência a causas, organizações ou figuras públicas relacionadas a saúde, raça ou etnia, afiliação política, religião ou orientação sexual”.

Essa mudança aconteceu para se alinhar melhor com o GDPR da Europa, que proíbe a segmentação de usuários com base nessas informações, a menos que cada um deles tenha fornecido consentimento explícito individualmente.

Portanto, se não é possível usar esses campos de informações para anúncios, parece não haver muito mais sentido para a empresa em mantê-los lá. Além do mais, ela já sabe onde seus usuários estão com base nos dados dos dispositivos.

A Meta diz que todos esses campos serão desativados até 1º de dezembro.

2 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page