top of page

5 estatísticas impressionantes sobre a história do YouTube

Diante de várias redes sociais voltadas para o compartilhamento de vídeos, como TikTok, Vimeo, Instagram e Facebook, o Youtube ainda é o maior neste segmento, ocupando inclusive o segundo lugar entre os sites mais visitados no mundo.

A variedade de assuntos e a facilidade que a plataforma disponibiliza para criação de conteúdos atrai youtubers e empresas que produzem todo o tipo de material possível.

Curiosamente, em meio a esse oceano de informações, o vídeo “Baby Shark Dance”, é o mais assistido, com 9,5 bilhões de views até o momento, o que é um indício de que a plataforma atinge todas as faixas etárias.

Mas esta não é a única estatística que impressiona. Reunimos 5 dados importantes na história desta gigante rede de compartilhamento de vídeos. Confira:

Valor de venda ao Google

Quando o primeiro vídeo foi publicado em 2005 no YouTube, os fundadores Chad Hurley, Steven Chen e Jawed Karim provavelmente não esperavam que 1 ano depois, a criação seria vendida por US $1,65 bilhão para o gigante Google. A transação ocorreu após a rápida viralização e adesão de usuários em todo o mundo. O negócio foi muito bem sucedido e em 2019, o Google faturou US $15 bilhões de lucro com anúncios no YouTube.

Usuários mensais

Em uma década desde o primeiro vídeo, os números já impressionam, pois chegou a 1 bilhão de espectadores. De acordo com levantamento recente do próprio YouTube, atualmente existem 2 bilhões de usuários que visualizam a plataforma pelo menos uma vez no mês. Dentre eles, aproximadamente 30 milhões são assinantes pagos dos serviços Premium e Music. Pequenas e grandes empresas aproveitam esse cenário e demonstram como anunciar no YouTube traz resultados em suas estratégias de marketing com vídeo.

Horas de conteúdo

Todos os dias, as pessoas assistem a um bilhão de horas de vídeos no YouTube. Além desse disso, 720.000 horas de vídeo são enviadas para o YouTube diariamente, sendo 500 horas de vídeo enviadas a cada minuto em todo o mundo, segundo dados coletados em 2019. Os números realmente são inalcançáveis. Numa projeção mais simples, significa que um usuário levaria aproximadamente 82 anos para assistir a quantidade de vídeos carregados no YouTube em apenas uma hora.

Pódio nas redes sociais

Uma sondagem realizada pela Datareportal em 2019 constatou que 79% de pessoas com acesso a Internet têm uma conta no YouTube. Esse dado condiz com outra análise das mídias, que coloca a plataforma como a segunda rede social mais popular do mundo, atrás apenas do Facebook. E não só isso: o YouTube ocupa também a segunda posição como buscador, atrás apenas de sua empresa-mãe, Google.

Popularidade

De acordo com as estatísticas do próprio site, a plataforma está presente e disponível para mais de 100 países e cerca de 80 idiomas diferentes, desde inglês, espanhol e mandarim, até os menos conhecidos, como o azerbaijão e o laosiano. De todos os acessos, mais de 70% da exibição do YouTube vem de dispositivos móveis.

Conclusão

Mesmo que alguns dados do YouTube permanecem secretos, como a lucratividade, por exemplo, algumas estatísticas que eventualmente são divulgadas mostram o quanto a plataforma de vídeos tem domínio sobre as redes e o mercado.

Parte desse movimento é resultado de investimentos de empresas e marcas que aproveitaram a quantidade de acessos e se fazem presentes, por meio de anúncios e criação de conteúdo.

Em contínua expansão, é provável que o YouTube permaneça como uma referência no universo de compartilhamentos de vídeo, mesmo diante de várias redes com o mesmo fim.

Cabe aos profissionais de marketing o aproveitamento destas estatísticas, garantindo que a marca esteja presente na na plataforma com conteúdos relevantes e com foco na resolução de problemas dos usuários.

Fontes:

4 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page